28 de abril de 2010

Audiência Pública para a Saúde

Analisando a questão "Saúde", que tanto tem  gerado discussões aqui no blog,  já há muito tempo...e que - sinceramente falando - não tem nos levado a soluções práticas, imaginei que poderíamos propor ao prefeito a realização de uma "Audiência Pública" para debater e buscar um denominador comum.

Dela participariam as figuras diretamente envolvidas: Prefeitura, Secretaria  de Saúde,  CMS, vereadores, lideranças,  estudantes, organizações religiosas... e principalmente o POVO: Maior interessado, e que nem sempre é ouvido. 

As opiniões de conflito, seriam discutidas e o  resultado da soma das diversas opiniões, levaria  à construção de alternativas para que o PROBLEMA, que sabemos que existe,  seja atenuado. O blog tem servido sim para a discussão... mas e as ações?  - Vamos ficar aqui só assistindo as "cassetadas"? 

As audiências públicas permitem à prefeitura conhecer necessidades e demandas da população, na medida em que são espaços de diálogo e negociação,  e acredito que é interesse da prefeitura buscar solução? Ou não? 

-  Acredito que a prefeitura tem de expor exatamente como anda o estado atual da saúde.  Isto é o máximo que eles podem fazer?  Não tem outro jeito? Fechou o cerco? E o que há de melhor?

Bom, então algo tem que ser feito. Porque para o povo, não está bom. Eu, dependo do serviço público, por isso falo com propriedade...
O caminho então seria a terceirização??? Vamos analisar: existem bons exemplos, onde esta opção obteve êxito, mas existe outras que não... Porém nada é definitivo, sempre existe um meio termo. 

Por exemplo: Hoje o Conselho fiscaliza o "Gestor", que tem sido falho. Com a terceirização o Conselho também irá atuar...e com mais abertura. Isto até poderia ser documentado nas regras e estatutos...

- Não estou defendendo a terceirização, concordo com o Jubin: saúde é obrigação do poder público. Mas estamos quase num "estado de sítio", ou "estado de exceção", algo precisa ser feito.

Gente, o povo que fica na fila de madrugada, esperando dias por uma consulta, sendo mal tratado, mal atendido, não tem ideologia política não...Eles querem ser respeitados. 

Nós que somos pessoas esclarecidas precisamos fazer a diferença. Não sei o procedimento de como se faz uma audiência pública, estive estudando o tema agora... mas seria uma idéia.

11 comentários:

José Cleilton Jubin - Presidente do CMS disse...

Ricardi: Concordamos com voce em algumas partes. Agora gostaria de de dizer onde esta o maior problema da saúde em nosso municipio. Como voce e muitos sabem, a coisa pública, tudo depende de Licitação, ou outro tipo de processo para compras.
E nosso maior problema se barra no PARECER JURIDICO DA PREFEITURA, onde é o processo final para se realizar as compras.A maioria dos processos de compra são BARRADOS PELO JURIDICO POR SUPERFATURAMENTO. Agora pergunto a voce!. Se é o proprio municipio que faz levantamento de preço e faz a Licitação, o que é que está acontecendo.
Outra coisa que atrapalha tudo isto, é que se passa por uma unica pessoa para dar o parecer, e se voce for lá, verá que tem uma pilha de processos parados esperando. É dificil, mas, o pior é que a pessoa responsavel não trabalha mais que 02 horas na prefeitura.E isso é visivel por todos que circulam dentro da prefeitura. Isso já foi questionado nas reuniões do CMS, inclusive com a presença do prefeito, e o mesmo disse que funcionarios em Cargo de Comissão(CC), está disponivel ao municipio para trabalhar 24 horas por dia.
Diante destes fatos é onde gera o maior problema, porque o prefeito, secretario e procurador juridico, são peças importantes para resolver estas questões, se os 03 não se conversam, fica ainda pior a situação. Pode ter certeza que a unica coisa que vem funcionando na saúde, é o setor do Laboratório onde se faz varios tipos de exames, numa média de 2.100 exames por mês, isto em laboratório particular, porque o laboratório municipal está com as licitações canceladas por superfaturamento desde fevereiro de 2009.

José Cleilton Jubin - Presidente do CMS disse...

Nós do CMS somos a favor de uma Audiência Pública, porque lá estará todos os atores representantes de todos os seguimentos do Controle Social, Gestor Executivo e Legislativo e mais os cidadãos que dependem do sistema, para debater,saber porque chegou ao caos. O que falta em nosso municipio é comprometimento com povo, tanto do Executivo quanto do Legislativo. Uma vez eleitos não dão direito a voz para o povo ajudar na administração.

Anônimo disse...

Se o empecilho é este "sujeito " que barra tudo dizendo que foi superfaturamento, *SENTA A PUÁ nele.
(*) termo usado na DITADURA BRASILEIRA.
*ENCHOTA ele de lá!
Não sei o significado de ENCHOTA!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ricardi disse...

JUBIN - então a coisa é pior do que imaginei.

Anônimo - "Senta a pua" era o lema dos pracinhas na segunda guerra... e até hoje. Mas poderíamos reviver ele...

e mais:
1.enxotar
Afungentar, expulsar

Aplicação numa frase
Ex. 1 - Enxotei-o para que parasse de ser incompetente.

2 - Estava cansado de todos os dias ter que vê-lo sem fazer nada e não poder enxotá-lo.

"Ricadi contribuindo para a morfossintática desde 1979."

Anônimo disse...

porque será que só os exames particulares estão acontecendo: porque? porque? um doce para quem sabe responder.

shirlene disse...

é muito triste esta situação. será que não há nada que possa ser feito para obrigar nosso prefeito olhar para nossa cidade com olhar humanitário e de dignidade para com o povo?? nossa é revoltante tudo isto o que está acontecendo.

Anônimo disse...

è o Jubin tem razão sim, é o que acontece dentro da prefeitura, as licitações ficam lá meses e meses e nada, será que o prefeito tem conhecimentos destes fatos? ou ele está pouco se lixando?

antonio disse...

esse jobim não se cria! sai fora isso é coisa mandada

Anônimo disse...

Tem que deixar este secretário , ficar la em são paulo fazendo seu curso de aprendizado.

Anônimo disse...

CONVIDA O SUJEITO QUE ESTÁ BARRANDO OS PROCESSOS DE LICITAÇÕES PRA ELE SE EXPLICAR NA AUDIENCIA!!!
QUEM NÃO DEVE NÃO TEME!!

Anônimo disse...

seria interessante se fazer um levantamento nas contas de todas as secretarias,em seus programas e projetos e verificar quantos estão sendo executados e qual o motivo de não estarem sendo gastos estes recursos, verificar tambem se estão devolvendo recursos para o governo federal e estadual.Se isso estiver acontecendo a população tem que saber.